Centro de Telessaúde do IC- FUC

Na vanguarda de ações inovadoras em cardiologia

 
Como uma das áreas mais desenvolvidas da telemedicina, a telecardiologia encontra destaque no cenário internacional devido ao grande impacto causado na saúde das populações
 
Inaugurado em janeiro de 2008, o Centro de Telessaúde do Instituto de Cardiologia do RIO Grande do Sul tem por meta desenvolver e implementar projetos e ações de telemedicina e telessaúde, tanto no campo assistencial quanto acadêmico. Desta forma, propõe-se a organização de projetos nas duas áreas em caráter multidisciplinar, promovendo saúde a distância e gerando conhecimento científico.
A iniciativa pioneira representa uma grande inovação na área da assistência cardiológica para a saúde pública rio-grandense, e surge com a perspectiva de alavancar o processo de integração digital das instituições de saúde. Além de atividades acadêmicas, como publicação de trabalhos e apresentação em congressos, o centro também desenvolve projetos como o Tele-ECG Digital - Implementação de uma Estratégia Multicêntrica de Telecardiologia no Rio Grande do Sul - que representa uma grande inovação na área de saúde pública no Estado. Através de tecnologia de telemedicina, o projeto irá disponibilizar o auxílio especializado para o atendimento a distância de pacientes vítimas de urgências e emergências cardiovasculares e que residem em áreas ou cidades de difícil acesso.
A telessaúde representa o uso de novas e modernas ferramentas de telecomunicação e de informação - ICT - Information and Communication Technology - visando à transmissão de dados e imagens. Sua aplicação permite a realização de diagnósticos especializados em regiões remotas desprovidas de serviços de saúde e abre caminho para a inclusão digital dos profissionais e dos serviços de saúde. A telecardiologia é uma das áreas mais desenvolvidas da telemedicina, e também a que, provavelmente, é capaz de causar maior impacto na saúde das populações. A proposta do IC-FUC representa um grande desafio. Ela envolve o estabelecimento de projetos tecnológicos adequados às enormes carências nacionais no setor da saúde, além de desenvolver pesquisas na área.
O recente início de funcionamento da nova central cardiológica em caráter de 24 h/7d do Centro de Telessaúde, em março de 2011, através do Projeto Tele-ECG Digital, abre uma nova etapa no desenvolvimento desta tecnologia no Estado.
 
TELE-EGC Digital
 
Idealizado e desenvolvido entre os anos de 2007 a 2011, o Projeto Tele-ECG Digital iniciou em março de 2011 seu funcionamento integral. Com o financiamento do governo do Estado, através das Secretarias de Saúde e Ciência e Tecnologia, foi possível colocar em prática este programa pioneiro, tendo por objetivo viabilizar o atendimento especializado em localidades distantes de grandes centros médicos.
Oferecendo atendimento a urgências e emergências cardiovasculares, o Centro de Telessaúde do IC-FUC disponibiliza laudos de eletrocardiograma on line, através de videoconsultorias especializadas, agilizando o diagnóstico e o tratamento do paciente. Uma equipe montada com 9 cardiologistas garante o serviço em funcionamento 24 horas por dia, 7 dias na semana. Em sua primeira etapa, conta com 32 cidades beneficiadas, com disponibilidade de laudos e videoconsultoria. Tendo em vista o importante papel desempenhado junto aos municípios, apresenta também uma excelente perspectiva com ampliação para 90 municípios gaúchos.
Outro importante pilar do projeto são as videoconferências multiponto periódicas, que levam atualização e aprimoramento aos profissionais de saúde das cidades mais distantes. Através desta plataforma é possível conectar todas as 90 cidades em uma mesma sala para discussão de casos clínicos, apresentação de aulas e revisão de assuntos de telecardiologia em geral. Este anseio pela educação continuada faz com que o projeto não fique restrito ao campo assistencial, mas incorpore também um caráter acadêmico, estimulando a propagação do conhecimento.
Todas as cidades contam com atendimento cardiológico virtual 24 horas, além de um programa de capacitação e educação continuada desenvolvido para aperfeiçoar a assistência em cardiologia.
 
ÁREA FÍSICA
 
As instalações físicas são dividas da seguinte forma:
 
- Sala A do Centro Cultural Rubem Rodrigues, utilizada para capacitação das equipes remotas e realização de sessões web e videoconferências
- Centro de Telessaúde localizado junto à emergência, com sala dos plantonistas e três terminais de atendimento, sala da equipe de capacitação e sala administrativa e de coordenação.
 
EQUIPE
 
* Diretor-Científico do IC-FUC: Prof. Carlos A. M. Gottschall
* Coordenação-Geral do Centro de Telessaúde IC-FUC: Dr. Adolfo L. F. Sparenberg
* Coordenação Médica: Gabriel Fetter da Silva
* Coordenação de Enfermagem: Juliana Soares Viana
* Equipe de Capacitação:
 - Enfermeiras: Patrícia Dias e Samara Costa 
 - Técnicos de Informática: Robert Timm e Luís Gustavo Carolino
 - Técnicos Administrativos: Bruno Costa e Caroline Inhaquites