Hospital

Eletrofisiologia

O serviço de eletrofisiologia realiza dois exames para a identificação e investigação das arritmias cardíacas: o Estudo Eletrofisiológico e a Ablação por Cateter com Radiofrequência.

Estudo Eletrofisiológico
O estudo eletrofisiológico complementa o eletrocardiograma na avaliação das arritmias cardíacas, através de registros intracavitários e da estimulação elétrica programada. 
É um método diagnóstico invasivo que utiliza cateteres eletrodos para registrar os eventos elétricos do coração. Inicialmente foi empregado para mensuração dos intervalos de condução atrioventricular e, posteriormente, para esclarecer os mecanismos arritmogênicos e para testar a eficácia de agentes antiarrítmicos. Atualmente também é utilizado para localização e mapeamento detalhado dos circuitos reentrantes e focos ectópicos, para posterior tratamento com ablação por cateter. Assim, tem finalidade diagnóstica, terapêutica e prognóstica. 


Ablação por Cateter com Radiofrequência
Tem como objetivo curar as arritmias cardíacas destruindo pequenas áreas de tecido miocárdico ou do sistema de condução que sejam críticas ao início ou manutenção da arritmia. Em geral arritmias com um único foco de origem ou que envolvem um istmo anatômico estreito, podem ser curadas com as técnicas de ablação por cateter. De modo diverso, as arritmias com origem multifocal ainda não são passíveis de cura com tal técnica.
 

Equipe: Dr Gustavo Glotz de Lima, Dr Marcelo Lapa Kruse, Dr Tiago Luiz Luz Leiria, Dr Leonardo Martins Pires
Secretárias: Cristina Oliveira
Telefones: Eletrofisiologia:32303687, 32303909, 32303600 ramal 3687
                  Holter: 32303600 ramal 3768

 

© Instituto de Cardiologia / 2016 / Todos os Direitos Reservados.